BEM VINDO AO NOSSO BLOG
Fale Conosco: (31) 3234-3817

Blog Luna Moda Festa

Lorem ipsum dolor sit amet

Sabia que vestidos chiques podem ser simples? Entenda como!

3 minutos de leitura

Quando ouvimos falar em vestidos chiques o que nos vem em mente são peças muito requintadas, com bordados, pedraria, brilho, roda, babados, caldas e mais tantos outros detalhes. Esse imaginário é reforçado por muito do que vemos na televisão em eventos, novelas, filmes e afins.

Mas será que é isso tudo que faz um vestido ser chique? É verdade que essas características todas que falamos são muito comuns nesses vestidos sim, mas não resumem o que é um vestido sofisticado, elegante e refinado. Na verdade, é possível que um vestido seja luxuoso sem que tenha nada disso, bem na lógica do “menos é mais”.

Essa é uma ótima notícia para quem prefere a discrição ou simplesmente não gosta de exageros, mas precisa se vestir a altura para um evento. Outra situação em que esses vestidos chiques e simples são bem-vindos é em eventos mais formais, sóbrios ou que por alguma razão não combinam muito com o excesso de glamour.

Contudo, é comum que nessas situações não saibamos muito bem como escolher um vestido que seja luxuoso sem todos esses detalhes. Vamos te ajudar com isso. Prossiga!

O corte é uma das características mais relevantes dos vestidos chiques

Se você se fizer a pergunta sobre o que todos os vestidos chiques têm em comum, uma das respostas, sem dúvidas, será: o corte! O corte é o que define o modelo do vestido, seu ajuste no corpo, como ele trabalha as formas de quem veste, o tipo de movimento da peça. Podemos dizer que é o que dá personalidade à roupa.

A alta alfaiataria é sempre uma opção requintada, que pode dispensar outros detalhes como bordados e pedrarias. Mas, como saber disso se você não tiver conhecimento no assunto? Procure a loja certa! Espaços que comercializam vestidos de grife são os ideais para que você entenda o poder do corte. A diferença é visível!

O tecido do vestido é que fala a verdade sobre a sua sofisticação

Para a mesma pergunta que mencionamos acima, há outra resposta, e podemos dizer que a mais importante, seria essa: o que todos os vestidos chiques têm em comum é a nobreza do tecido. Existe uma diversidade de tecidos nobres que, combinados com o corte certo dispensam outras intervenções.

Você poderá observar a qualidade de um tecido a partir da tonalidade e do toque. Não são nada parecidos com aqueles que usamos no cotidiano. Alguns exemplos de tecido nobre são: seda, organza, linho, cetim, zibeline, chiffon e renda.

A sofisticação está no look completo e não apenas no vestido

Outra questão que precisa ser considerada é que o que compõe um look sofisticado não é apenas o vestido, mas outros detalhes como maquiagem, sapatos, penteado e acessórios. Uma das grandes vantagens dos vestidos chiques que são simples é que eles permitem uma ousadia maior nesses aspectos sem que isso resulte em um exagero indesejado.

É a oportunidade perfeita para usar jóias maiores, tons mais fortes na maquiagem, sapatos e bolsas diferenciados, dentre outras peças e arranjos que, com um vestido cheio de detalhes deixariam o visual carregado.

Consegue visualizar o quanto que os vestidos chiques podem ser simples? Você pode saber ainda mais esses e outros tipos de vestidos sofisticados conhecendo a Luna Moda Festa. Confira!

Comente abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *